Locais do 7º FIPA

Museu Histórico Nacional

Foto www.museusdorio.com.br 

Paço Imperial

Foto Alexandre Macieira, Riotur

Palácio Gustavo Capanema

Foto Tomaz Silva, Ag. Brasil

Sítio Roberto Burle Marx

Foto www.museusdorio.com.br 

7º FIPA:Todos os mundos - O Patrimônio que nos une

O 7º FIPA - Fórum Internacional de Patrimônio Arquitetônico Brasil – Portugal será realizado nos dias 13, 14 e 15 de julho de 2021, no Museu Histórico Nacional ,Paço Imperial, Palácio Capanema e Sitio Burle Marx na cidade do Rio de Janeiro (Brasil), evento chancelado pelo Comitê organizador da UIA  (Leia Aqui) para integrar o calendário de eventos culturais do Rio 2021-Capital Mundial da Arquitetura UNESCO UIA.

 

O 7º FIPA contribuirá junto ao 27º Congresso Mundial de Arquitetos UIA2020RIO, o mais importante evento de arquitetura mundial, programado também no Rio de Janeiro e promovido pela União Internacional dos Arquitetos (UIA) e pelo Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB).

 

 

TEMA 7º FIPA : Todos os mundos - O Patrimônio que nos une.

O Fórum consiste em dar continuidade às ações efetivadas desde 2014 com:

Promoção de debates em mesas redondas ligadas à modelagem temática proposta pelo UIA: Diversidade e  Mistura , Mudanças e Emergências , Fragilidades e desigualdades e transitoriedades e Fluxos (Leia aqui: https://www.uia2021rio.archi/tema_pt.asp).

 

Construção do documento “Carta Patrimônio em Risco”, ações e propostas a serem enviadas ao Congresso UIA2021RIO para garantir a preservação do valor cultural e a qualidade da intervenção.

 

“Carta Rio de Janeiro” - Fortalecimento de nossas instituições ligadas à defesa do Patrimônio Cultural – IPHAN, Conselhos Estaduais e Municipais.

 

Lançamento do livro do 7º FIPA e demais produções ligadas ao Fórum.

 

Todos estes propósitos estão em curso através de reuniões institucionais com entidades nacionais e internacionais.

O FIPA é um evento que nasceu pelas mãos de duas arquitetas, a brasileira Maria Rita Silveira de Paula Amoroso e a portuguesa Alice Tavares. Desde o início foi criado um convênio entre instituições brasileiras e portuguesas de forma a intercalar anualmente a realização do Fórum entre Brasil e Portugal, agregando profissionais nos campos científicos, técnicos e de gestão do patrimônio.

O objetivo principal do FIPA é promover debates interdisciplinares e interinstitucionais a fim de que o conhecimento científico decorrente da investigação, da prática de intervenção no “sítio” e da gestão e promoção do Patrimônio Cultural consigam um espaço de diálogo e de troca de informação relevante.

​Neste sentido, é um evento de grande singularidade e interesse para a construção de sociedades cada vez mais conhecedoras e preocupadas com o legado que deixam às gerações futuras.

Fóruns anteriores realizados entre  Brasil e Portugal :

2014 - BRASIL - Câmara Municipal de  Campinas - Br

2015 - PORTUGAL - Universidade de Aveiro – Pt

2016 - BRASIL - Universidade PUC -Campinas - Br

2017 - PORTUGAL - Mosteiro de Pombeiro – Pt

2018 - BRASIL - Paço Imperial  / Museu Histórico Nacional - Br

2019 - PORTUGAL - Mosteiro da Batalha -Pt

São signatários desse Fórum pelo Brasil:

IPHAN-Instituto Patrimônio Histórico Nacional

IAB-DN –Instituto arquitetos do Brasil –Direção Nacional

São signatários desse Fórum por Portugal:

UNIVERSIDADE DE AVEIRO.

DGPC- PORTUGAL –Departamento Geral de Patrimônio Cultural

ROTA DO ROMÂNICO.

Objetivos do FIPA:

Debater o papel do arquiteto e dos demais agentes da construção e da cultura na obtenção de modelos de Reabilitação acessíveis e abrangentes para diferentes condições financeiras dos proprietários;​

 

Resgatar a documentação e inventários existentes, como ação de registro documental para as futuras gerações;

 

Debater os modelos de intervenções compatíveis com a preservação do valor cultural da edificação, do ponto de vista técnico, da arquitetura e da sustentabilidade econômica;

 

Debater sobre as boas práticas de reabilitação concretizadas, que demonstrem ganhos sociais, culturais e de promoção turística, passíveis de serem motores de estratégias a serem aplicadas em outros patrimônios arquitetônicos;

 

Debater as ações em curso ligadas à Reabilitação do Patrimônio Cultural e a realizar, voltadas ao Uso e Reúso do Patrimônio cultural, para fins sociais principalmente nos centros históricos.

Devido ao sucesso das edições anteriores do FIPA, outras instituições passaram a apoiar o evento, entre elas UFRJ - Universidade Federal Rio de Janeiro, UFF - Universidade Fluminense, IPHAN-DF, CAU/SP (via patrocínio 024/2014), ICOMOS, DOCOMOMO, TICCHI, CIALP - Conselho Internacional dos Arquitetos de Língua Portuguesa, Rota do Românico-Portugal, Direção Geral do Património Cultural - DGPC - Portugal, APRUPP (Associação Portuguesa para a Reabilitação Urbana e Protecção do Património) e CASA DA ARQUITETURA PT.

Esperamos avançar fomentando novas ideias, projetos, debates e ações concretas, inclusive a serem apresentados no UIA2020RIO enquanto resultados positivos relacionados às boas práticas em Arquitetura notadamente ligadas ao Patrimônio Cultural e valorizando a Multiculturalidade de nosso planeta.

FIPA 7 – ESCLARECIMENTO

 

ESCLARECIMENTO DE DÚVIDAS SOBRE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS E RESPECTIVOS EIXOS TEMÁTICOS

 

Sabendo que o UIA2020RIO privilegia ações propositivas, no caso do 7º FIPA a apresentação de trabalhos se faz mediante o tema central (“TODOS OS MUNDOS - O PATRIMÔNIO QUE NOS UNE”) e seus 4 eixos temáticos (ligados ao 27º Congresso Mundial de Arquitetos UIA2020RIO), religando-os ao Patrimônio Cultural. Desta forma, o FIPA garante a plena liberdade de discussão de trabalhos e pesquisas sobre o Patrimônio em qualquer um dos eixos. Por exemplo: a apresentação de um trabalho sobre o “Incêndio do Museu Nacional” pode estar enquadrado em todos os 4 eixos (“Diversidade e Mistura”, “Mudanças e Emergências”, “Fragilidades e Desigualdades”, “Transitoriedade e fluxos”), uma vez que o assunto pode tratar da fragilidade mediante a conservação do edifício, a perda da identidade/diversidade preservada através dos acervos, a gestão do Patrimônio frente aos recursos disponíveis, o impacto no Patrimônio nacional, e assim por diante.

Recomendamos a leitura atenta das informações contidas na seção ‘insrições - registration’

 

 

QUALQUER DÚVIDA ESCREVA-NOS -   7fipa2020@gmail.com

Coordenação  Geral  FIPA/Brasil

Arq.Urb.PhD. Maria Rita S. P. Amoroso

Coordenação Geral FIPA/Portugal

Arq.Profa.PhD Alice Tavares C.

Eng.Prof.PhD Anibal Costa  

7º FIPAAll worlds - Heritage uniting us

The 7th FIPA - International Forum on Architectural Heritage Brazil - Portugal will be held on the 13th and 15th of July 2021, at  Museu Historico Nacional  – MHN, Paço Imperial, Palácio Capanema and Sitio Burle Marx in the city of Rio de Janeiro (Brazil), an event sponsored by the Organizing Committee of the UIA (Read Here) to integrate the calendar of cultural events in Rio 2021 - World Capital of Architecture UNESCO UIA.

 

The 7th FIPA will contribute to the 27th World Congress of Architects UIA2020RIO, the most important event of world architecture, also scheduled in Rio de Janeiro and promoted by the International Union of Architects (UIA) and the Institute of Architects of Brazil (IAB).

 

 

7th FIPA THEME: ALL WORLDS – THE HERITAGE THAT UNITES US.

 

The Forum consists of continuing the actions carried out since 2014 with:

 

Promotion of debates in round tables linked to the thematic modeling proposed by the UIA: 1.Diversity and Mixture, 2.Changes and Emergencies, 3. Fragilities and Inequalities; 4. Transitories and Flows (Read here: https://www.uia2021rio.archi/tema_pt.asp)

 

Construction of the document “Carta Patrimônio em Risco”, actions and proposals to be sent to the UIA2020RIO Congress to guarantee the preservation of cultural value and the quality of the intervention.

 

“Carta Rio de Janeiro” - Strengthening of our institutions linked to the defense of Cultural Heritage - IPHAN, State and Municipal Councils.

 

Launch of the 7th FIPA book and other productions related to the Forum.

 

 

All of these purposes are underway through institutional meetings with national and international entities.

FIPA is an event that was born by the hands of two architects, the Brazilian Maria Rita Silveira de Paula Amoroso and the Portuguese Alice Tavares. Since the beginning, an agreement was created between Brazilian and Portuguese institutions in order to alternate annually the holding of the Forum between Brazil and Portugal, bringing together professionals in the scientific, technical and heritage management fields.

 

The main objective of FIPA is to promote interdisciplinary and interinstitutional debates so that the scientific knowledge resulting from research, the practice of intervention on the "site" and the management and promotion of Cultural Heritage will provide a space for dialogue and the exchange of relevant information.

In this sense, it is an event of great singularity and interest in building societies that are increasingly knowledgeable and concerned with the legacy they leave to future generations.

 

Previous forums held between Brazil and Portugal:

2014 - BRAZIL - Campinas City Hall - Br

2015 - PORTUGAL - University of Aveiro - Pt

2016 - BRAZIL - PUC-Campinas University - Br

2017 - PORTUGAL - Monastery of Pombeiro - Pt

2018 - BRAZIL - Paço Imperial / Museu Histórico Nacional - Br

2019 - PORTUGAL - Monastery of Batalha - Pt

The following are signatories to FIPA in Brazil:

IPHAN - National Historical and Artistic Heritage Institute

IAB-DN - Institute of Architects of Brazil - National Directorate

CAU / BR - Architecture and Urbanism Council

 

The following are signatories to FIPA in Portugal:

AVEIRO UNIVERSITY

DGPC-PORTUGAL - General Department of Cultural Heritage

ROTA DO ROMÂNICO-PORTUGAL

 

FIPA’s Objectives:

 

Discuss the role of the architect and other construction and cultural agents in obtaining accessible and comprehensive Rehabilitation models for different financial conditions of the owners;

 

Rescue the existing documentation and inventories, as an action of documentary registration for future generations;

 

Discuss the models of interventions compatible with the preservation of the cultural value of the building, from the technical point of view, architecture and economic sustainability;

 

Debate on the good rehabilitation practices implemented, which demonstrate social, cultural and tourist promotion gains, which can be engines of strategies to be applied in other architectural heritage;

 

Discuss the ongoing actions related to the Rehabilitation of Cultural Heritage and to be carried out, aimed at the Use and Reuse of Cultural Heritage, for social purposes mainly in historic centers.

 

 

Due to the success of previous editions of FIPA, other institutions started to support the event, among them UFRJ - Federal University of Rio de Janeiro, UFF - Fluminense University, IPHAN-DF, CAU/SP (via sponsorship 024/2014), ICOMOS, DOCOMOMO , TICCHI, CIALP - International Council of Portuguese Language Architects, Rota do Românico-Portugal, General Directorate of Cultural Heritage - DGPC - Portugal, APRUPP (Portuguese Association for Urban Rehabilitation and Protection of Heritage) and CASA DA ARQUITETURA PT.

 

We hope to move forward by promoting new ideas, projects, debates and concrete actions, including those to be presented at UIA2020RIO as positive results related to good practices in Architecture notably linked to Cultural Heritage and valuing the Multiculturality of our planet.

7th FIPA - CLARIFICATION

CLARIFICATION OF DOUBTS ABOUT PRESENTATION OF PAPERS AND THEIR THEMATIC AXES

 

It is known that UIA2020RIO favors purposeful actions. Therefore, in the case of the 7th FIPA, the presentation of papers is done through the central theme (“ALL WORLDS - THE HERITAGE THAT UNITS US”) and its 4 thematic axes (UIA2020RIO), linking them to Cultural Heritage. Thus, FIPA guarantees full freedom to discuss works and research on Heritage in any of the axes. For example: the presentation of a work on the “Fire at the Brazilian National Museum” can be framed in all 4 axes (“Diversity and Mixture”, “Changes and Emergencies”, “Fragilities and Inequalities”, “Transience and flows”), since the subject can deal with fragility through the conservation of the building, the loss of identity/diversity preserved through the collections, the management of the Heritage in view of the available resources, the impact on the National Heritage, and so on.

We recommend that you carefully read the content on our website. ‘insrições - registration’

FOR MORE INFORMATION WRITE TO US  - 7fipa2020@gmail.com

General Coordination FIPA / Brazil

PhD Architect Maria Rita S. P. Amoroso

 

General Coordination FIPA / Portugal

Prof. Arch. PhD Alice Tavares C.

Eng. PhD Anibal Costa

 

ORGANIZAÇÃO / ORGANIZERS

PARCERIA INSTITUCIONAL INSTITUTIONAL PARTNERSHIP

APOIO INSTITUCIONAL

INSTITUTIONAL SUPPORT

APOIO DE MÍDIA

MEDIA SUPPORT